História da RCT

Em 1965, Bob Muirhead era um jovem aprendiz de elétrica na indústria de mineração em Kalgoorlie, Western Australia. Confrontado com experiências pessoais – seu melhor amigo perdeu o pai em um acidente na mina – vendo um trabalhador subterrâneo na mina, que na semana seguinte foi esmagado, ele se sentiu obrigado a explorar uma maneira diferente de fazer as coisas.

Na época, a indústria de mineração em Kalgoorlie tinha em média seis acidentes mortais na mineração subterrânea por ano, e isso parecia ser um “efeito colateral” aceito pela indústria.

Depois de começar seu negócio em 1972, Bob projetou e realizou experimentos com um sistema de proteção do motor à prova de falhas (agora conhecido como Muirhead®) que melhoraria a confiabilidade do equipamento de mineração subterrânea, bem como tornar as minas mais produtivas. Bob desenvolveu rapidamente outros produtos com benefícios semelhantes, e nasceu a “Bob Muirhead Electrical”.

Os produtos tinham um potencial notável, mas faltava a visibilidade da indústria. Impulsionado por um profundo desejo de levar os produtos a uma base maior de clientes, e combinado com seu ávido interesse por pilotar aeronaves leves, ele se propôs a criar novos mercados – Broken Hill, Cobar e Pilbara (Noroeste da Western Australia).

Em 1987, Muirhead Electrical se juntou com outras duas empresas locais de fornecimento de suprimentos para minas, adotando uma nova identidade como “Automotive Industrial Mining Supplies”.

O negócio cresceu e se expandiu, contudo as mortes de mineração subterrânea ainda apresentavam riscos reais, até que uma tecnologia confiável foi desenvolvida para que equipamentos fossem remotamente controlados.

Em 1988, eles assumiram a tecnologia de controle remoto ControlMaster®, utilizando a sua capacidade técnica para tornar o sistema confiável e garantir alta produtividade das áreas de mineração subterrânea perigosas.

Esta oportunidade de tirar as pessoas de situações perigosas tornou-se o alicerce para a RCT.

Com seus produtos de proteção para máquinas, já modificando a indústria, RCT entrou com força na tecnologia de controle remoto – mas ainda fatalidades estavam ocorrendo.

Bob, que até agora estava cercado por uma equipe leal e talentosa, alguns tinham evoluído ao lado dele desde estagiários, estava determinado a fazer o que fosse preciso para conseguir um ambiente de trabalho seguro para os funcionários das minas.

Com essa noção e inspiração, RCT tornou-se a primeira empresa a introduzir comercialmente operações Teleremoto para a indústria de mineração australiana. Foi um feito verdadeiramente notável.

Controle remoto de superfície também foi se tornando reconhecido como uma forma de trabalhar em áreas inseguras das minas. RCT desenvolveu a sua capacidade para controlar remotamente os tratores de esteira na desafiadora mina Ok Tedi na Nova Guiné. Apenas uma outra empresa tinha feito algo parecido – ninguém sabia ao certo se poderia até mesmo ser feito.

Uma pequena equipe com os melhores talentos na época da RCT, inicialmente liderados por Bob, foi até Nova Guiné determinados a terem sucesso. E alcançaram o sucesso.

A confiança da RCT cresceu com a sua presença no mercado expandindo para Broken Hill, Mount Isa , e uma grande mudança na indústria de mineração de Queensland. Os feitos da RCT falaram por si próprios.

RCT começou a ter reconhecimento em uma escala global; os setores de mineração subterrânea na África e América Latina estavam exigindo RCT “porque preferiram os nossos produtos remotos a qualquer outro, além do mais, nós podíamos atender melhor do que ninguém” lembra um funcionário de longa data.

Foi uma grande mudança para a empresa Australiana, no entanto, nunca temendo os grandes desafios, RCT se obrigou a expandir globalmente.

Em 2002, Bob estruturou um grupo de investidores privados para estabelecer a empresa de propriedade privada “Remote Control Technologies” (RCT). A intenção era preservar o ambiente familiar, a atitude ‘posso fazer’ e cultura, que permitiu que muitos funcionários talentosos permanecessem um longo tempo com a empresa. RCT sempre foi sustentada com notável talento, compromisso com os clientes e uma sede de explorar com excelência tudo o que fosse “ possível”…o que pode ser alcançado.

Isto é evidenciado por muitos presentes na gestão RCT hoje, que começaram como aprendizes em um barracão no quintal, na década de 1970. Como um executivo diz: “O que realmente nos motiva, é que éramos todos jovens dado a enorme responsabilidade. Você simplesmente vai levando isso. Éramos aprendizes e capacitados para desenvolver nosso potencial e capacidade como pessoa. Ideias e inovação sempre nos incentivaram.”

Ao longo do tempo, as marcas têm sido desenvolvidas e acrescentadas ao portfólio da RCT, incluindo AusProTec™ e EarthTrack®. Com base em relacionamentos e diálogos fortes com clientes, ControlMaster® evoluiu para incluir melhorias, tais como sistemas de orientação (automação), que foi adicionado em janeiro de 2010, após extensos testes subterrâneos. Essas inovações entregam valor e resultados reais para os clientes.

Além da tecnologia inovadora e inteligente, a RCT construiu uma reputação de excelência no quesito atendimento ao cliente. Nosso pessoal tem a atitude do “posso fazer”. O sucesso da RCT veio de ouvir os problemas dos clientes e trabalhar em um esforço verdadeiramente colaborativo, envolvendo pesquisa, inovação, design, fabricação, instalação e equipes de treinamento, para oferecer soluções completas, adequadas à uma finalidade, em qualquer lugar do mundo.

Hoje, RCT é líder global, e líder no mercado “Australasian” em orientação inteligente, Teleremoto e soluções de automação de controle remoto para a indústria de mineração.

Remote Control Technologies se expandio alem de seu nome, com todos os produtos oferecidos pela empresa, e em 2015, foi rebatizada como RCT.

Ao longo da jornada da RCT, a visão do seu fundador continuou a mesma: criar tecnologia inteligente, que é adequada à sua finalidade e esta sempre vai alcançar resultados tangíveis – aumento dos lucros, produtividade e segurança.